Motorola lança Moto Z2 Force

Recuperação de dados em fortaleza na croma informática
23 de janeiro de 2014
Liberando espaço no W10
24 de agosto de 2017

Motorola lança Moto Z2 Force

Motorola lança Moto Z2 Force e duas novas versões do Moto G no Brasil.

Em evento realizado na manhã desta quinta-feira, 24, em São Paulo, a Motorola apresentou ao mercado brasileiro três novos smartphones. São eles o Moto Z2 Force, o Moto G5S e o Moto G5S Plus.

O destaque fica por conta do novo Moto Z, o top de linha da Motorola, que finalmente desembarcou no Brasil, trazendo tudo o que sua versão estrangeira tem de especial: especificações de ponta para brigar com os aparelhos mais potentes do mercado e a já famosa tela “inquebrável” da fabricante.

O Moto Z2 Force vem com o processador Snapdragon 835. Trata-se do primeiro celular com o chip mais poderoso da Qualcomm a ser vendido oficialmente no Brasil, já que o Galaxy S8, que usa esse chipset na sua versão norte-americana, é vendido por aqui com o Exynos 8895, de potência equivalente.

A tela, de 5,5 polegadas e resolução QHD (2560 por 1440 pixels), é protegida por uma camada extra de plástico que a Motorola chama de ShatterShield, uma espécie de película integrada ao smartphone que o protege de riscos, estilhaços ou quedas mais acentuadas, ainda que, por outro lado, deixe pequenos riscos mais visíveis.

São 6 GB de RAM e 64 GB de memória interna, além de uma bateria de 2.730 mAh e conexão USB-C. A câmera dupla de 12 MP do aparelho tem a mesma função que a de outros concorrentes: oferecer opções de efeitos de profundidade, borrando o fundo e deixando o objeto principal em destaque. Além disso, uma delas tira fotos apenas em tons de cinza. A câmera de selfie é de 5 MP.

Há um leitor de impressões digitais na frente, compatível com os tradicionais gestos de comando dos celulares da Motorola, e, atrás, suporte aos acessórios modulares da fabricante, os Moto Snaps. De fábrica, o aparelho chega com Android 7.1 Nougat, mas com atualização garantida para o 8.0 Oreo.

Junto ao smartphone, a Motorola também anunciou novos acessórios modulares para a linha Z. Um deles é um Moto Snap de câmera 360 graus, que permite ao usuário capturar fotos, vídeos e até fazer transmissões ao vivo pela internet com áudio tridimensional. O outro é o Gamepad, que dá a qualquer Moto Z botões extras e controles para games.

O Moto Z2 Force pode ser comprado a partir de hoje no Brasil pelo preço sugerido de a partir de R$ 2.999, sem qualquer Snap no pacote.

Moto Z 2Force

A linha Moto G também ganhou um update com dois novos modelos, que na verdade são atualizações dos Moto G5 e Moto G5 Plus lançados no começo deste ano. Os novos aparelhos têm acabamento premium, com um corpo em metal, e especificações levemente melhoradas.

O Moto G5S tem tela Full HD de 5,2 polegadas, câmera traseira de 16 MP, câmera de selfies de 5 MP, com foco mais aberto e flash frontal, e bateria de 3.000 mAh. Já o Moto G5S Plus é um pouco maior: a tela Full HD tem 5,5 polegadas, e ele conta com câmera frontal de 8 MP, flash frontal e ângulo “panorâmico”. Atrás, a câmera é dupla, unindo dois sensores de 13 MP.

Assim como no Moto Z2 Force, aqui o conjunto de duas câmeras permite que o usuário ative um modo de “foco seletivo”, podendo destacar o objeto em primeiro plano e borrar o plano de fundo, ou o contrário. É possível também aplicar um filtro monocromático em um dos planos e até trocar o plano de fundo, como num “chroma key”.

O restante das especificações não muda muito. O Moto G5S vem com um processador Snapdragon 430 e 2 GB de RAM, como o G5 “normal”, enquanto o G5S Plus vem com um Snapdragon 625, igual ao do G5 Plus original, e 3 GB de RAM. Os dois têm bateria de 3.000 mAh e 32 GB de armazenamento interno.

Assim como os modelos anteriores, os novos Moto G também vêm com sensor de impressões digitais. O Moto G5S e o Moto G5S Plus começam a ser vendidos hoje pelos preços sugeridos de R$ 1.099 e R$ 1.499, respectivamente.